Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Unhas de gel | Experiência pessoal

por Cátia Reis, em 24.04.14


 


As unhas de gel tem conquistado cada vez mais as mãos das mulheres, principalmente aquelas que roiem as unhas ou possuem unhas fracas e quebradiças. Eu resolvi aderir a esta moda recentemente (a mão feia na fotografia é minha - fiz as unhas em lilás e preto, com um pequeno cristal), sendo que nos primeiros dias o que mais me custou foi apertar botões - as calças e camisas passaram a ser os meus inimigos diários - bem como apanhar moedas em superfícies planas. Contudo, com a habituação, estas tarefas já não são tão árduas e sinto-me muito mais feminina com estas unhas do que com as naturais (como pessoa nervosa que sou, as minhas vitimas eram sempre as unhas). Segundo o que a profissional me explicou, o gel é uma capa fina que se esculpe por cima da nossa própria unha dando-lhe a forma que quisermos. Com ele, é possível dar um aspecto mais longo à unha natural; aplicam-se extensões (tips) em casos como o meu, quando a unha não possui comprimento suficiente: estas são lixadas e niveladas e, depois, é aplicado um primer de gel, para que o mesmo fixe bem nas unhas. As camadas de gel são aplicadas com a ajuda de um pincel, sendo que entre uma camada e outra as mãos ficam alguns minutos dentro de um "forno" de luz ultravioleta para o gel secar correctamente. Antes da última camada, as unhas são novamente lixadas para lhes dar o formato desejado.


 


Um dos principais motivos que me levou a fazer unhas de gel foi para evitar roer as unhas, confesso, mas desde que as fiz sinto-me mais confiante em mostras as mãos (coisa que dantes evitava e andava muitas vezes com elas nos bolsos). Além disso, tenho unhas feitas para durarem um mês, sendo que não preciso de me preocupar com manicures em cima da hora. As minhas são bastante resistentes, sendo que sou uma pessoa que faz tudo aqui em casa sem luvas e ainda não parti nenhuma! A profissional aconselhou-me a cuidar delas como se estas fossem naturais: evitar bater em objectos duros, evitar usar as unhas como "ferramentas" (abrir latas, por exemplo) e não andar com elas na boca! A acidez da saliva pode levar à saída da unha. É importante saberem que quando se retira as unhas de gel é normal que a unha natural esteja um bocadinho enfraquecida, mas se tiverem os cuidados adequados com as unhas, elas voltam ao normal! Por enquanto, vou manter este custo adicional mensal, sinto-me bem com elas e ter mãos apresentáveis pode-me abrir portas novas! Quem sabe, um part-time novo...


 



P.s.: Caso alguém queira saber onde fiz as minhas unhas de gel, pode deixar um comentário ou mandar-me uma mensagem para o facebook. A primeira aplicação custa 15 euros, sendo que a manutenção custa 10 euros.


Unhas de gel | Experiência pessoal

por Cátia Reis, em 24.04.14


 


As unhas de gel tem conquistado cada vez mais as mãos das mulheres, principalmente aquelas que roiem as unhas ou possuem unhas fracas e quebradiças. Eu resolvi aderir a esta moda recentemente (a mão feia na fotografia é minha - fiz as unhas em lilás e preto, com um pequeno cristal), sendo que nos primeiros dias o que mais me custou foi apertar botões - as calças e camisas passaram a ser os meus inimigos diários - bem como apanhar moedas em superfícies planas. Contudo, com a habituação, estas tarefas já não são tão árduas e sinto-me muito mais feminina com estas unhas do que com as naturais (como pessoa nervosa que sou, as minhas vitimas eram sempre as unhas). Segundo o que a profissional me explicou, o gel é uma capa fina que se esculpe por cima da nossa própria unha dando-lhe a forma que quisermos. Com ele, é possível dar um aspecto mais longo à unha natural; aplicam-se extensões (tips) em casos como o meu, quando a unha não possui comprimento suficiente: estas são lixadas e niveladas e, depois, é aplicado um primer de gel, para que o mesmo fixe bem nas unhas. As camadas de gel são aplicadas com a ajuda de um pincel, sendo que entre uma camada e outra as mãos ficam alguns minutos dentro de um "forno" de luz ultravioleta para o gel secar correctamente. Antes da última camada, as unhas são novamente lixadas para lhes dar o formato desejado.


 


Um dos principais motivos que me levou a fazer unhas de gel foi para evitar roer as unhas, confesso, mas desde que as fiz sinto-me mais confiante em mostras as mãos (coisa que dantes evitava e andava muitas vezes com elas nos bolsos). Além disso, tenho unhas feitas para durarem um mês, sendo que não preciso de me preocupar com manicures em cima da hora. As minhas são bastante resistentes, sendo que sou uma pessoa que faz tudo aqui em casa sem luvas e ainda não parti nenhuma! A profissional aconselhou-me a cuidar delas como se estas fossem naturais: evitar bater em objectos duros, evitar usar as unhas como "ferramentas" (abrir latas, por exemplo) e não andar com elas na boca! A acidez da saliva pode levar à saída da unha. É importante saberem que quando se retira as unhas de gel é normal que a unha natural esteja um bocadinho enfraquecida, mas se tiverem os cuidados adequados com as unhas, elas voltam ao normal! Por enquanto, vou manter este custo adicional mensal, sinto-me bem com elas e ter mãos apresentáveis pode-me abrir portas novas! Quem sabe, um part-time novo...


 



P.s.: Caso alguém queira saber onde fiz as minhas unhas de gel, pode deixar um comentário ou mandar-me uma mensagem para o facebook. A primeira aplicação custa 15 euros, sendo que a manutenção custa 10 euros.


Inspiração | Coroa de flores

por Cátia Reis, em 22.04.14

Com a chegada da Primavera, uma dos aspectos que mais adoro são as flores multi-colores que vão surgindo por todo o lado. Sabe mesmo bem dar uma caminhada e recolher algumas flores para colocar numa jarra aqui em casa...dão logo outro ser à divisão onde as coloco! Contudo, as flores são uma grande inspiração para uma das tendências mais in para esta estação: as coroas de flores. Uma tendência que remete a um look mais hippie, confesso, que fica extremamente adorável com rendas, cores pastel, roupas soltas e femininas. Um toque diferente e que nem toda a gente ousa usar no dia-a-dia, mas que tem conquistado cada vez mais o mundo da moda. Sendo assim, deixo-vos aqui algumas fotos de inspiração de como usar estas coroas:


 









Fotos retiradas do weHeartit.



Inspiração | Coroa de flores

por Cátia Reis, em 22.04.14

Com a chegada da Primavera, uma dos aspectos que mais adoro são as flores multi-colores que vão surgindo por todo o lado. Sabe mesmo bem dar uma caminhada e recolher algumas flores para colocar numa jarra aqui em casa...dão logo outro ser à divisão onde as coloco! Contudo, as flores são uma grande inspiração para uma das tendências mais in para esta estação: as coroas de flores. Uma tendência que remete a um look mais hippie, confesso, que fica extremamente adorável com rendas, cores pastel, roupas soltas e femininas. Um toque diferente e que nem toda a gente ousa usar no dia-a-dia, mas que tem conquistado cada vez mais o mundo da moda. Sendo assim, deixo-vos aqui algumas fotos de inspiração de como usar estas coroas:


 









Fotos retiradas do weHeartit.



Emagrecer com saúde

por Cátia Reis, em 16.04.14



 


Com o Verão e, consequentemente, as temperaturas altas à porta, é normal sentir-se aquela preocupação típica de perder uns quilinhos antes da estreia do biquíni na praia ou das roupas mais reduzidas. Uma preocupação perfeitamente normal, até eu confesso que a tenho, desde que seja feita com os devidos cuidados e com tempo. Emagrecer não é sinónimo de deixar de comer ou de comer em pouquíssima quantidade. Emagrecer deve de ser uma combinação entre uma alimentação adequada com desporto físico, sempre! Eu sei que esta combinação desagrada a alguns, por não trazer resultados imediatos, mas com força de vontade e muita dedicação os resultados vão surgir e serão perfeitos, garanto! Para vos ajudar, deixo-vos aqui algumas dicas que apliquei escrupulosamente no meu quotidiano e que me têm ajudado imenso a alcançar o corpo com que sempre sonhei.


 




  1. Estipula horários para as refeições;



  2. Bebe muita água e evita os sumos com gás;



  3. Não excluas de um dia para o outro algum alimento/prato que tu desejes imenso: opta por o comer em doses moderadas (por exemplo, eu adoro uma boa francesinha, então estipulei que apenas como uma de quinze em quinze dias);



  4. Encontra uma distracção ou um hobby que te faça evitar petiscar;



  5. Substituí aquele doce diário por uma peça de fruta ao teu gosto;



  6. Não contes a ninguém que estás a fazer dieta: as pessoas têm tendência a gostar de sabotar os teus objectivos;



  7. Não deixes de tomar o pequeno-almoço, que é a refeição mais importante do dia!;



  8. Faz caminhadas e pratica muito exercício físico;



  9. Nada de medicamentos que dizem ajudar a emagrecer ou as famosas dietas das celebridades;



  10. Não te peses diariamente, mas sim de 15 em 15 dias, para evitares sentir ansiedade.



 


Dicas fáceis de seguir, não acham? Este é o meu TOP 10, sendo que agradecia que se conhecessem mais alguma dica, que partilhassem comigo!


Para quem começou ou já começou um projecto verão, desejo boa sorte e que a força de vontade nunca desapareça até os objectivos serem alcançados!


 


 

Emagrecer com saúde

por Cátia Reis, em 16.04.14



 


Com o Verão e, consequentemente, as temperaturas altas à porta, é normal sentir-se aquela preocupação típica de perder uns quilinhos antes da estreia do biquíni na praia ou das roupas mais reduzidas. Uma preocupação perfeitamente normal, até eu confesso que a tenho, desde que seja feita com os devidos cuidados e com tempo. Emagrecer não é sinónimo de deixar de comer ou de comer em pouquíssima quantidade. Emagrecer deve de ser uma combinação entre uma alimentação adequada com desporto físico, sempre! Eu sei que esta combinação desagrada a alguns, por não trazer resultados imediatos, mas com força de vontade e muita dedicação os resultados vão surgir e serão perfeitos, garanto! Para vos ajudar, deixo-vos aqui algumas dicas que apliquei escrupulosamente no meu quotidiano e que me têm ajudado imenso a alcançar o corpo com que sempre sonhei.


 




  1. Estipula horários para as refeições;



  2. Bebe muita água e evita os sumos com gás;



  3. Não excluas de um dia para o outro algum alimento/prato que tu desejes imenso: opta por o comer em doses moderadas (por exemplo, eu adoro uma boa francesinha, então estipulei que apenas como uma de quinze em quinze dias);



  4. Encontra uma distracção ou um hobby que te faça evitar petiscar;



  5. Substituí aquele doce diário por uma peça de fruta ao teu gosto;



  6. Não contes a ninguém que estás a fazer dieta: as pessoas têm tendência a gostar de sabotar os teus objectivos;



  7. Não deixes de tomar o pequeno-almoço, que é a refeição mais importante do dia!;



  8. Faz caminhadas e pratica muito exercício físico;



  9. Nada de medicamentos que dizem ajudar a emagrecer ou as famosas dietas das celebridades;



  10. Não te peses diariamente, mas sim de 15 em 15 dias, para evitares sentir ansiedade.



 


Dicas fáceis de seguir, não acham? Este é o meu TOP 10, sendo que agradecia que se conhecessem mais alguma dica, que partilhassem comigo!


Para quem começou ou já começou um projecto verão, desejo boa sorte e que a força de vontade nunca desapareça até os objectivos serem alcançados!


 


 

ijdfjbrfherbfjrbfjur3fj

por Cátia Reis, em 15.04.14

rejfnjlorefjkwcjkernvcjkqernvjefrbjkv

Personal Outfits: A Cátia e a Saia-Lápis

por Cátia Reis, em 14.04.14

Eu tenho um gosto muito peculiar no que diz respeito às minhas indumentárias. O aspecto que mais se destaca em mim é que tenho 1,85m (altura invejada por muitas modelos, eu sei...), mas que na hora de me vestir bem - ou seja, ao meu gosto - é um bocado complicado encontrar roupas que assentem bem e que me façam sentir sexy e invulgar. Para as raparigas que possuem um corpo idêntico ao meu ou que gostam de ousar um bocadinho, deixo-vos aqui a primeira de muitas outfits (prometo que a próxima terá melhores fotos). Uma saia-lápis preta, uma t-shirt branca, blazer verde e um statement necklace são quatro peças com as quais já não sei viver! Neste dia estava a usar sabrinas básicas pretas, a pessoa gentil que me tirou a foto esqueceu-se dos meus pés...e é favor não ligar ao meu cabelo, ele é bem mais bonito do que estava neste dia, eu juro!


 





Saia-lápis preta: Pull & Bear, 12,99€;

T-shirt branca: Lefties, 3,99€;

Blazer Verde: Loja local, 21€;

Statement Necklace: Primark, 5€.


Opiniões aceitam-se! :)

Personal Outfits: A Cátia e a Saia-Lápis

por Cátia Reis, em 14.04.14

Eu tenho um gosto muito peculiar no que diz respeito às minhas indumentárias. O aspecto que mais se destaca em mim é que tenho 1,85m (altura invejada por muitas modelos, eu sei...), mas que na hora de me vestir bem - ou seja, ao meu gosto - é um bocado complicado encontrar roupas que assentem bem e que me façam sentir sexy e invulgar. Para as raparigas que possuem um corpo idêntico ao meu ou que gostam de ousar um bocadinho, deixo-vos aqui a primeira de muitas outfits (prometo que a próxima terá melhores fotos). Uma saia-lápis preta, uma t-shirt branca, blazer verde e um statement necklace são quatro peças com as quais já não sei viver! Neste dia estava a usar sabrinas básicas pretas, a pessoa gentil que me tirou a foto esqueceu-se dos meus pés...e é favor não ligar ao meu cabelo, ele é bem mais bonito do que estava neste dia, eu juro!


 





Saia-lápis preta: Pull & Bear, 12,99€;

T-shirt branca: Lefties, 3,99€;

Blazer Verde: Loja local, 21€;

Statement Necklace: Primark, 5€.


Opiniões aceitam-se! :)

Tendências | Clutches

por Cátia Reis, em 12.04.14

Qual é a rapariga que não têm uma destas fantásticas malinhas na sua colecção? Estas malas, que servem apenas para transportar os itens mais importantes (quando uso uma, ando sempre com o telemóvel, o batom, chaves do carro e cartão multibanco), estão cada vez a ganhar mais destaque no quotidiano, ficando por terra aquele mito que estas malas só serviam para se usar em cerimónias e afins. A verdade é que elas têm ganhado novas formas, padrões, cor, tachas e pedras...e por aí fora! Eu tenho três, uma básica da Primark (que uso imenso e estou surpreendida pela qualidade de duração), uma cor-de-rosa e uma em nude, que vou usar imenso nestes dias de Sol! Aconselho a apostarem numa mais simples e que combine com a maior parte do vosso vestuário e depois noutras mais notórias, que ficam perfeitas com outfits monocromáticos ou com cores básicas, para dar aquele tom irreverente. Sendo assim, fiz-vos aqui uma selecção das minhas preferidas, sendo que nesta vão encontrar a nova loja parceira do Haute Couture: a DU clutch. Vendem malinhas lindas e o HC orgulha-se de aliar-se a marcas portuguesas!


 



1 - Sequins Clutch: 16,99€ | 2 - Night Clutch: 22,99€ | Ambas da Parfois.


 




 Clutches personalizadas à mão - preço médio de 25€ | Ambas da DU clutch.


 



NOTA: O Haute Couture procura novos colaboradores. Se achas que tens o perfil apropriado, deixa um comentário aqui no blog ou nas redes sociais e eu entrarei em contato contigo!


Pág. 1/2