Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crítica Cinematográfica | A culpa é das estrelas

por Cátia Reis, em 18.07.14




Sinopse: A história relata a paixão que une Hazel (Shailene Woodley) e Augustus Waters (Ansel Elgort) e a maneira única e fantástica como ambos encaram o pouco tempo que têm para usufruir e aproveitar a vida. As vidas de ambos vão sofrer uma inesperada reviravolta como nunca tinham sonhado, quando juntos vivem uma pequena eternidade recheada de amor, aventura, coragem e esperança, capaz de tocar qualquer um. Inspirado num romance best-seller, da autoria de John Green, o filme explora as aventuras de dois adolescentes em fase terminal.


Crítica: Fui ver este filme na passada quarta-feira e fiquei de lágrimas nos olhos. Uma história de encantar perfeitamente relatada, emocionante e com um final de partir o coração com uma pitada de ternura. Nunca pensei vir a gostar tanto do filme, os actores representaram na perfeição os seus papéis, os pequenos pormenores do quotidiano de uma pessoa com doença terminal estão bem apresentados e o amor sentido pelas personagens principais é quase palpável. Gostei também do pormenor em que o realizador teve também o cuidado de mostrar como é que as famílias vivem esta triste situação, como é que os doentes lidam com ela e mostra uma faceta menos solitária e entristecedora dessas pessoas - aliás, as personagens principais, apesar de todas as contrariedades provenientes da doença, são felizes, tem experiências típicas de adolescentes e são lutadoras. Recomendo totalmente, este filme é uma lição de vida fantástica!


Avaliação final: 10/10.


Quem é que por aqui já leu o livro ou viu o filme? Concordam com a minha opinião?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.