Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desporto: Super Vettel ameaça o trono de Schumacher

por Cátia Reis, em 25.09.13

Quando o alemão Michael Schumacher se retirou em 2006 da Formula 1 poucos imaginavam que alguém pudesse fazer sombra ao seu domínio, muito menos alguém do mesmo país… Mas a verdade é que apareceu Sebastian Vettel , um novo prodígio germânico, que tomou de assalto as pistas, estando próximo de conquistar o seu quarto título mundial consecutivo. O seu reinado tem sido impecável e não parece haver ninguém que se consiga opor a este domínio avassalador… 


O piloto alemão de apenas 26 anos arrisca-se a tornar uma lenda da modalidade bastante cedo. Toda a gente imaginava um futuro auspicioso quando em 2010 tornou-se o mais jovem campeão da história da Fórmula 1, mas nem o mais optimista poderia esperar uma demonstração tão forte de supremacia deste jovem. Agora poucos têm dúvidas que estamos a falar de um fenómeno que ameaça o trono de Schumacher , algo que parecia impossível até muito pouco tempo.




Desde cedo que o jovem Sebastian Vettel começou a ter paixão pelas velocidades. Aos sete anos já pilotava um kart em Heppenheim (a sua terra natal) e sonhava atingir a Formula 1. Imaginava ser o seu ídolo de infância: o inevitável Michael Schumacher , que conquistou sete títulos mundiais. Vettel não só conseguiu concretizar o sonho de chegar à Formula 1 como neste momento é rei e senhor da modalidade. Uma demonstração de que investir nos nossos sonhos traz dividendos futuros. O trabalho e dedicação está cada vez mais a elevá-lo a níveis impressionantes!
O seu fantástico percurso não ficou alheio ao seu compatriota e ídolo de infância. O heptacampeão Michael Schumacher já se pronunciou sobre a nova coqueluche germânica. O piloto que teve sempre fama de feitio difícil, mas ficou rendido a Vettel e elogiou-o publicamente. “É o melhor corredor da actualidade”, considerou. Palavras que devem ter deixado Sebastian Vettel nas nuvens e com o moral ainda mais em alta para atingir novas conquistas.



A pilotar um Red Bull , o alemão de 26 anos tem vivido um conto de fadas. Recentemente renovou contrato até 2015, uma forma da sua equipa proteger a sua grande estrela. Os vários rumores do interesse na Ferrari na sua contratação foram suficientes para que os austríacos investissem muito dinheiro na sua renovação. Vettel não se faz rogado e já elogiou toda a equipa. “Adoro pilotar e o carro é fantástico. É um prazer estar neste carro durante as corridas”, afirmou o prodigioso germânico, após a vitória deste fim-de-semana no Grande Prémio de Singapura, 13.ª prova do calendário.


Esta conquista veio cimentar ainda mais a liderança no Mundial de Formula 1. Com sete vitórias na temporada (a terceira consecutiva), Vettel tem agora 60 pontos de vantagem no Mundial sobre o segundo classificado, o espanhol Fernando Alonso (Ferrari). Com seis provas para disputar, Sebastian Vettel está cada vez mais perto de garantir o quarto título consecutivo. Sobre a possibilidade de renovar o título o piloto alemão foi peremptório : “Vou ser sincero: não estou a pensar no campeonato, estou apenas a desfrutar do momento”. E como ele tem desfrutado nos últimos tempos!


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.