Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Unhas de gel | Experiência pessoal

por Cátia Reis, em 24.04.14


 


As unhas de gel tem conquistado cada vez mais as mãos das mulheres, principalmente aquelas que roiem as unhas ou possuem unhas fracas e quebradiças. Eu resolvi aderir a esta moda recentemente (a mão feia na fotografia é minha - fiz as unhas em lilás e preto, com um pequeno cristal), sendo que nos primeiros dias o que mais me custou foi apertar botões - as calças e camisas passaram a ser os meus inimigos diários - bem como apanhar moedas em superfícies planas. Contudo, com a habituação, estas tarefas já não são tão árduas e sinto-me muito mais feminina com estas unhas do que com as naturais (como pessoa nervosa que sou, as minhas vitimas eram sempre as unhas). Segundo o que a profissional me explicou, o gel é uma capa fina que se esculpe por cima da nossa própria unha dando-lhe a forma que quisermos. Com ele, é possível dar um aspecto mais longo à unha natural; aplicam-se extensões (tips) em casos como o meu, quando a unha não possui comprimento suficiente: estas são lixadas e niveladas e, depois, é aplicado um primer de gel, para que o mesmo fixe bem nas unhas. As camadas de gel são aplicadas com a ajuda de um pincel, sendo que entre uma camada e outra as mãos ficam alguns minutos dentro de um "forno" de luz ultravioleta para o gel secar correctamente. Antes da última camada, as unhas são novamente lixadas para lhes dar o formato desejado.


 


Um dos principais motivos que me levou a fazer unhas de gel foi para evitar roer as unhas, confesso, mas desde que as fiz sinto-me mais confiante em mostras as mãos (coisa que dantes evitava e andava muitas vezes com elas nos bolsos). Além disso, tenho unhas feitas para durarem um mês, sendo que não preciso de me preocupar com manicures em cima da hora. As minhas são bastante resistentes, sendo que sou uma pessoa que faz tudo aqui em casa sem luvas e ainda não parti nenhuma! A profissional aconselhou-me a cuidar delas como se estas fossem naturais: evitar bater em objectos duros, evitar usar as unhas como "ferramentas" (abrir latas, por exemplo) e não andar com elas na boca! A acidez da saliva pode levar à saída da unha. É importante saberem que quando se retira as unhas de gel é normal que a unha natural esteja um bocadinho enfraquecida, mas se tiverem os cuidados adequados com as unhas, elas voltam ao normal! Por enquanto, vou manter este custo adicional mensal, sinto-me bem com elas e ter mãos apresentáveis pode-me abrir portas novas! Quem sabe, um part-time novo...


 



P.s.: Caso alguém queira saber onde fiz as minhas unhas de gel, pode deixar um comentário ou mandar-me uma mensagem para o facebook. A primeira aplicação custa 15 euros, sendo que a manutenção custa 10 euros.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.