Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

VMA 2013 | Actuações que dão que falar...

por Cátia Reis, em 28.08.13

Ontem resolvi perder duas horas a ver a repetição dos Video Music Awards, da MTV, porque gosto sempre de ver as actuações. Existiram inúmeras actuações - Lady Gaga, Katy Perry, Macklemore, Kanye West...mas as que deram mais que falar foram duas, uma pela negativa e outra pela positiva.


Miley Cyrus e Robin Thicke protagonizaram o momento mais estranho da história dos VMA. A pobre rapariga resolveu mostrar que está numa fase adulta e passou do ar inocente e querido para super desmazelado e sexual. Já o videoclip "We can't stop" mostrava que ela está a ter sérios problemas de identificação pessoal (é que não encontro mesmo outra justificação), mas esta actuação superou tudo. Dançar com um bodie em forma de urso, colocar a língua constantemente fora, fazer danças obscenas...mas o pior foi mesmo durante o dueto com Robin Thicke. Esfregar-se nas virilhas do homem com uma lingerie cor de pele? Penso que ela não tem corpo nem personalidade para sustentar esta imagem provocadora - ao contrário de Lady Gaga que actuou em fio dental - e que lhe ficaria melhor uns modelitos mais sensuais (notem que eu faço uma distinção entre sensual e sexual). O que salvou esta actuação bizarra foi a apresentação do novo single de Robin, Give it 2 U. Penso que este actor têm mostrado uma variedade musical excelente!


 






Justin Timberlake, um dos grandes vencedores da noite (vídeo do ano, melhor realização e Michael Jackson Video Vanguard Award), mostrou que não precisava de trocar de peruca, indumentária e afins para montar um ENORME espectáculo que resumiu toda a sua carreira em menos de 20 minutos. Quase que chorei a ouvir a Sexy Back (uma das minhas melodias preferidas até hoje), adorei o regresso dos N'SYNC e o cantor mereceu (e muito!) os prémios que lhe foram atribuídos; são vintes anos de carreira, com singles fantásticos atrás de singles extraordinários...para mim, ele é o próximo rei do pop. pois noto-lhe a garra e a dedicação que o próprio Michael Jackson tinha. Uma salva de palmas para este artista completo e maravilhoso.

 










E vocês, o que acharam das actuações nos VMA 2013?



 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.